Romantic as Hell



Cover me in blood

For the very soul

That bleeds for some

Vindictive flower.

 
 
By the docks I can see
Lost eyes like mine
Waiting for nothing
But a sigh in the darkness.
 
Love is a blunt knife
In the hands of a demented
Consciousness flies
Until the crossroads of life
Cause every day I cry for
An inevitable passion.
 
Romântico como o inferno
          Cubra-me em sangue
          Para a alma
          Que sangra por uma
          Flor vingativa.
          Pelas docas eu posso ver
          Olhos perdidos como o meu
          À espera de nada além
          Do que um suspiro na escuridão.
 
          O amor é uma faca cega
          Nas mãos de um demente
          A consciência voa
          Até a encruzilhada da vida
          Porque todos os dias eu choro
          Por uma inevitável paixão.
                                     Marcelo Gomes Melo

Um comentário:

  1. Oi Marcelo, boa noite, como vai?
    Fiquei encantada com os seus versos...
    Muito intenso e a musica que ilustrou o post, deu o tom perfeito, um ar de misterio no ar, acompanhado de uma ferocidade... bacana!
    Adorei voltar!!
    Beijos e uma semana maravilhosa!

    ResponderExcluir

Seu feedback é uma honra!

Para ler e refletir

Sair da vida cedo demais Quando ela afirma que ama, não sabe o que diz, apenas repete o que vê nas novelas às quais assiste...

Expandindo o pensamento