Diário das incertezas de um número



Mantenha a calma e observe a cena que lhe cerca sem perder o mínimo detalhe. Disso deve depender o sucesso do seu trabalho.
Resista à vontade de deixar a mente se dispersar, pois vai perder algum detalhe e esse detalhe irá significar bastante na sua linha do tempo.
Informações claras, precisas e reais compõem o pacote que representam a você durante a sua participação, e a sua inserção no grupo é imprescindível.
Não se deixe apavorar com atitudes que pareçam hostis, elas tendem a se repetir e caso lhe incomodem, sua percepção aguçada se tornará ainda mais sensível, afastando-o do objetivo principal.
Agora não assuste aos hostis com a sua carranca de guerra, despeje ações sublimes pelo ar e aguarde o retorno, que pode até demorar, mas quando chegar lhe fará parte dessa enorme e desolada família dos que procuram algo sem ter certeza do que se trata.
Não se preocupe com algum nome, identificação, apelido carinhoso; todos o conhecerão pelo número. Qual? Você se acostumará quando o usarem, perceberá que se trata de você. Será nesse momento que a correnteza o arrastará e não haverá como se segurar. Repito, não resista. Tudo vai, de alguma forma, ficar bem.
   
                 
 Marcelo Gomes Melo
 

Para ler e refletir

A lenda do Bom Tejipió           Embaixo do pé de cajá ao anoitecer, com uma lança comprida de ponta fosca triangular, cort...

Expandindo o pensamento