Como cultivar um espírito livre

Uma definição muito própria de espírito livre é: aquele ser que

apresenta extrema facilidade em adaptar-se às mais absurdas situações, tendo em mente sempre a capacidade de analisar, compreender e aprender com elas.

          A alguém de espírito livre supõe-se ser capaz de encontrar a paz, obter controle ou perdê-lo de acordo com o ganho imediato. Ganho de sensações, experiências e condições de repassá-las igualmente, contribuindo com a beleza da aquisição de conhecimento natural.

          E para tornar-se um espírito livre é preciso ler! Ler, isso mesmo, ler! Decodificar palavras, frases, períodos, formando histórias, tornando a comunicação completa e eficiente.

          Quando digo ler, significa estar aberto a todas as maneiras de leitura, verbal e não verbal; ler expressões, fotos, imagens; livros, cartas, bilhetes, placas... Simplesmente não ter preguiça de fazer o cérebro trabalhar! Ler é saber que se deve concordar em discordar, e que isso é enriquecedor para o coração e para a alma.

          A vantagem de ser e ter um espírito livre é respeitar o habitat por estar em consonância com ele; portanto, manter a sensibilidade para os problemas dos seres humanos e do planeta, fazendo a sua parte para a melhoria da vida sem abrir mão dos próprios prazeres, físicos e mentais.

          Então leia! Leia o que tiver em mãos. Leia para produzir leitura; produza leitura para melhorar o mundo; melhore o mundo porque você vive nele!
                                    





                            Marcelo Gomes Melo
   


Para ler e refletir

Intolerante é a sua mãe, eu sou o mais humilde do universo!         Para lutar por suas bandeiras é preciso argumentar com co...

Expandindo o pensamento