DESINTOXICAÇÃO


Não me beija não me ama

Não me toca não clama por mim

Não deseja não instiga não se deixa instigar

Não desmorona não se reconstrói em mim

Não me cheira não me pede não me dá

Não me empresta

Não resolve não insiste não recusa, mas não vibra

Não implora não exige não retruca não atende

Não quer não e não faz

Não sabe não sente não vive

Não... Não. Não! Não? Não.

Definitivamente não.

 
                                    Marcelo Gomes Melo

Um comentário:

  1. Todos e tantos não são até justificaveis dentro do
    contexto do Titulo.

    Um construção que exala determinação e uma pontinha
    de frutração.

    Boa Noite Poeta

    ResponderExcluir

Seu feedback é uma honra!

Para ler e refletir

Sair da vida cedo demais Quando ela afirma que ama, não sabe o que diz, apenas repete o que vê nas novelas às quais assiste...

Expandindo o pensamento