Proteja-se. Vivendo e morrendo insignificante.




               Jamais confie em gente poderosa de qualquer tipo. Essa gente nasce egoísta, vive egoísta e morre sem acreditar que não eram imortais.

         Examine a história do mundo. Reis, semideuses, rainhas, imperadores, grandes líderes... Em comum apenas a crueldade, a crença que carregam de serem maiores do que Deus, praticando maldades em nome dos próprios súditos a aceitarem bondades das quais não precisam, apenas para intensificar o culto às suas personalidades obcecadas, mortíferas e malévolas.
          Hoje é tão perigoso fazer parte do círculo de uma pessoa poderosa quanto há séculos, desde o início do mundo. Tais poderosos transportam os direitos sobre as vidas alheias em um contrato dentro da pasta sob as suas axilas, e dispõem insensivelmente ao seu bel prazer, mesmo que sejam parentes ou amigos íntimos e verdadeiros. Só há um nome para isso na mente tortuosa deles: vítimas.
            O mundo é feito no formato desses sociopatas, psicopatas que manipulam vidas e matéria para os próprios propósitos, sejam quais forem, e sempre corroerão o universo com a sordidez com que são criados. A existência de muitos é prejudicada através dos tempos por esses seres que comandam a tudo em torno de si, além até do que os olhos alcançam.
           A grande maioria sem qualquer merecimento, apenas a sorte ou a maldição de nascerem sob os auspícios da fortuna que molda os aristocráticos, treinados a imaginar a si mesmos acima de todos os outros da mesma espécie, vivendo para obter de cada pessoa tudo o que lhe satisfaça o mínimo desejo que seja.




          A conclusão é simples, desde que não seja um dos privilegiados egocêntricos que matam e prejudicam por inveja, medo, ciúme ou seja lá o que sintam e destilem por todos os poros, mantenha-se longe desse veneno letal. Viva e morra insignificante, sem se tornar vítima desses desgraçados que exerceram, exercem ou exercerão qualquer tipo de poder apenas mantendo abaixo do radar desses invejosos malditos, destruidores do mundo.



Marcelo Gomes Melo

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu feedback é uma honra!

Para ler e refletir

Sair da vida cedo demais Quando ela afirma que ama, não sabe o que diz, apenas repete o que vê nas novelas às quais assiste...

Expandindo o pensamento