EasyHits4U

EasyHits4U.com - Your Free Traffic Exchange - 1:1 Exchange Ratio, Business social network. FREE Advertising!

       Conversas em madrugadas diferenciadas, e vice-versa.



         Eu não sou um cara legal. Não acredite nisso sequer por um momento, não idealize tal possibilidade nem em seus mais secretos sonhos Não espere de mim atitudes politicamente corretas, ou falsas gentilezas com pessoas as quais nada significam para mim.
          Sou desprovido do humor acatado por todos como tolerável, não tenho palavras de incentivo inútil e não perco o meu tempo com amenidades fúteis. É quem eu sou. Não há outro eu para ocasiões especiais, que gaste sorrisos falsos e faça comentários mentirosos com intenções subreptícias.
          Não olhe para mim como a um homem capaz de amar como todos os outros, comprando flores, ursinhos de pelúcias e usando palavras que desandem suas pernas mas não são reais o suficiente para mantê-las firmes, vívidas, em pé por si só.


          Pode ser que eu seja a origem do termo antissocial, pouco me importa. Asseguro-lhe que a utilização dos neurônios para o tipo de trabalho que exerço ficam bem mais sensíveis, em um nível de excelência e aptidão plenos.
          A razão para que eu não seja assim, gelado, com você? Isso não muda o que sou, repito. Considero que você seja alguém excepcional. Uma mulher única. E por isso faço um esforço excepcional para me acomodar a você. Só a você e a seus desejos.
          Não me envolvo da maneira tola que as pessoas consideram normal, saudável e inspirador.
          O fato é que, enquanto estivermos juntos, navegando na mesma onda, sintonizados no mesmo ritmo, você irá se incomodar com o meu comportamento fora dos padrões, dolorosamente lúcido. Eu não tenho companhia, amizades ou colegas porque não as considero úteis. Minha luxúria é condicionada, meus conselhos, inexistentes.





           Mulheres se preocupam em pensar em como vai ser, jamais como está; muito menos em como é.
          Seu olhar está me dizendo que seu cérebro calcula, nesse momento, intermitentemente, de maneira quase insana, até onde isso poderia durar. Não se incomode com minhas palavras medíocres; palavras são descartáveis, entendimentos são imortais.
          Eu não consigo dimensionar a eternidade!

                         Marcelo Gomes Melo

O amor que é de gelo


Como é o amor que é de gelo?
Aquece o núcleo sob a neve, sob o toque solar
E derrete, doce, úmido e... Morno? Pelas pernas
E se espalha pelos pés, alastrando-se pelo chão
À sua volta até voltar a congelar-se, imobilizando
A contragosto, enrijecendo-lhe as plantas e subindo
Por entre os ossos, tomando conta, queimando
Enquanto gela, preservando...


De tempos em tempos estilhaçando sob os pés

Perigoso, permitindo caminhar, sem firmeza, e

A qualquer passo mal dado, o fundo, o fim, a escuridão

Ou firme, endurecido, permitir deslizar

Alcançar distâncias inigualáveis, patinar por regiões

Jamais alcançadas

O amor é de gelo? O amor que é de gelo é eterno?


                Marcelo Gomes Melo

A paz mundial não é da sua conta

 

          Astro da banda inglesa The Smiths, ícone do rock dos anos 80 que liderou a invasão britânica no mundo, Morrissey lança novo cd e, ao mesmo tempo tem o seu contrato com a gravadora cancelado por conta de comentários feitos por ele contra o estabilishment, além de uma canção que retrata o seu pensamento quanto à dominação sofrida pelo povo por parte dos governantes que os trata como tolos e decidem todos os destinos fria e completamente.
          Na letra de “World Peace Is None of Your Business” (A Paz mundial não é problema seu), Morrissey cita o Brasil entre os países em que as pessoas estão sofrendo, vítimas dos governantes que os conduzem como uma manada, usando a força policial para reprimir e a mídia para emburrecer.
          Paz Mundial é balela! Seu voto serve apenas para apoiar o processo de dominação; pague seus impostos, não se envolva no esquema dos poderosos; saiba que os ricos ficarão ainda mais ricos, mas não pense que os pobres serão extintos; eles são necessários para o massacre diário que enche os dominadores de prazer.
          Abaixo a letra traduzida da nova canção de Morrissey:
          “A Paz Mundial não é da sua conta”
          A paz mundial não é da sua conta
          Você não deve mexer com o esquema
          Trabalhe duro e docemente pague seus impostos
          Nunca perguntando o porquê
          Oh, oh, pobre tolo
 
          A paz mundial não é da sua conta
          A polícia irá paralisá-lo com suas armas de choque
          Ou irão te desabilitar com suas armas
          É pra isso que o governo serve
          Oh, oh, pobre idiota
 
          A paz mundial não é problema seu
          Então você, por favor fique fora disso
          Os ricos devem lucrar e ficar mais ricos
          E o pobre deve ficar mais pobre
          Oh,oh, pobre tolo
 
          Cada vez que você vota, você apoia o processo
          Brasil, Bahrein, Egito, Ucrânia
          Tantas pessoas sofrendo
                                                 (Morrissey)

 

Marcelo Gomes Melo  
 
 

Para ler e refletir

A vida secreta dos seres noturnos           As noites em claro que costumo passar há anos, me ensinam comportamentos novos...