EasyHits4U

EasyHits4U.com - Your Free Traffic Exchange - 1:1 Exchange Ratio, Business social network. FREE Advertising!

      Vamos iniciar a revolução!
 


          Vamos iniciar a revolução!
         Um ano para arrancarmos como Usain Bolt, com pernas firmes e arrancada potente, para planar pela vida com velocidade e leveza, transpondo obstáculos rumo a vitória pessoal e coletiva.
        Vamos utilizar a concentração dos mestres do pensamento, que dedicam sua inteligência e força mental em prol de uma sociedade melhor, combatendo doenças, criando alternativas para a conservação da natureza e preservação do habitat natural, cuidando de animais, e plantas e seres humanos com igual empenho, colaborando com parcelas diferentes mas igualmente importantes, diminuindo a desigualdade social e intelectual em busca da evolução constante.
        Vamos beber na fonte da persistência dos atletas mundiais que se aperfeiçoam e superam com garra e, sobretudo, respeito ao próximo visando vencer aos próprios limites e não aos adversários.
        Que a revolução proporcione ausência de egoísmo e desconfiança, solidariedade e noção de trabalho em grupo, para que todos encontrem o próprio caminho com uma divisão justa de responsabilidades, deveres, direitos e premiação, garantindo dignidade acima de tudo.
        Que a arma seja a palavra, e a palavra seja usada com sabedoria e generosidade, porque informação é poder, e uma população culta e crítica transforma uma sociedade defeituosa em uma sociedade poderosa e desenvolvida, sem exclusão, atuando sob regras e leis justas e bem definidas, conhecidas e respeitadas por todos; sem brechas criadas para que sejam manipuladas em favor de minorias corruptas.
        Uma revolução movida a consciência individual e atitudes que nasçam de cada um e se alastrem até que atinja a todos, com paixão, ação e boa vontade.
        Então, ano novo? Que se torne realmente novo e não mais do mesmo. Que se inicie a revolução!
                                         Marcelo Gomes Melo

 



     O pão com ovo do amor
 

          A teoria é de que o amar, o ato em si, petrifique-se, imortal, observando todos os gestos, as ações realizadas por suas vítimas, as mais radicais, que exageram e se perdem, e sofrem, e dificultam e se matam.
         Que as fantasias sobrepujem, contaminem e misturem o amar, e o amor seja vestido e revestido pelas expectativas humanas, egoístas e, portanto, falhas.
         Levando em consideração essa tese milenar, pode-se argumentar que é mais fácil fingir, pensar e acreditar que se ama fantasiosamente, como um alucinógeno qualquer a atingir realmente o estado de amor incondicional, legítimo e inacabável, porque isso é simples. Tão simples que confunde.
         O amor é simples porque a simplicidade é perfeita, sem pirotecnias pouco plausíveis e sem sofrimentos destruidores. O amor é constante, sem interrupções e sem lugares comuns; para amar não é preciso pensar no amor nem em seus clichês, ele é rotineiro como água e refeição; diário, necessário e com sabores peculiares. Alimenta, sustenta e não cobra, a nãos er que consumido à saturação.
         O amar é pão com ovo, é falta de noção de etiqueta. Pode-se dizer, referindo-se à condição dos seres humanos, que ele é sorriso, não gargalhada.

                                 Marcelo Gomes Melo

                                   Szerelem
 
Talvez seja arte



Talvez seja a parte crucial do
Quebra cabeças escondido na
Parte escura do último suspiro
Apaixonado.
Quem sabe o caminho do arranhão
Provocado
Pelo carinho percorrido no peito
Banhado com sangue e lágrimas
Alternadamente...
Eu te amo quando o tempo para
E teu sorriso me enquadra!
E esqueço de mim para me lembrar
De você.
Estilhaços no espelho me dividem
E o espaço entre eles
É você, e preenche entrelinhas
Entre minhas mãos ansiosas
Estrelinhas entrevistas através
Dos hangares.
Os olhos dela podem conter tantos sonhos!
Talvez o mapa do amor sejam manchas roxas
Nas coxas;
Eu só sei que ser seu é inevitável...
 
Não se trata se rimas de amor. É o que se sente quando se está além de todas as perspectivas naturais.
 
                                Marcelo Gomes Melo


Para ler e refletir

A vida secreta dos seres noturnos           As noites em claro que costumo passar há anos, me ensinam comportamentos novos...